Startup

O termo “startup” tem sido usado com frequência cada vez mais nos últimos anos para descrever novos empreendimentos, aplicativos modernos de toda parte do mundo e grandes empresas de tecnologia. Mas o que é uma startup, realmente?

Uma startup é uma empresa que trabalha para resolver um problema em que a solução não é óbvia e o sucesso não é garantido.

Você precisa ter certeza de que todos os esforços, não importa quão pequenos sejam, são bem planejados e executados sem falhas. E para tornar ainda mais difícil, as estratégias tradicionais de marketing nem sempre funcionam.

Durante anos, os investidores trataram startups como versões menores de grandes empresas; isso foi problemático porque existe uma grande diferença ideológica (e organizacional) entre uma startup, uma pequena empresa e uma grande corporação , o que exige diferentes estratégias.

A função organizacional da startup é procurar por um modelo de negócios repetível e escalonável. Um fundador de startups tem três funções principais:

  • Fornecer uma visão de um produto com um conjunto de recursos
  • Criar uma série de hipóteses sobre todas as partes do modelo de negócios: quem são os clientes? Quais são os canais de distribuição? Como construímos e financiamos a empresa, etc.
  • Validar rapidamente se o modelo está correto, vendo se os clientes se comportam como o modelo prevê (o que ele admite que raramente faz).